O TER E O SER

E-mail Imprimir PDF

Uma relação conflituosa, estamos no meio de uma ponte entre o ter e o ser. O homem desenvolveu sua inteligência de forma extraordinária, adquiriu milhares e milhares de conhecimentos, conseguiu grandes feitos. Porém, a guerra entre o ter e o ser parece não ter fim.
Usando a ciência, o homem fez prodígios. Queria voar, ver a terra de outro ângulo, estar nas alturas, diminuir a distância, simplesmente estar livre como um pássaro. Então ele conseguiu! Melhorou a sua qualidade de vida, atravessou os mares, sobrevoou as montanhas, viu as nuvens aos seus pés, mas isso não fez com que o homem se tornasse uma pessoa melhor. Pelo contrário, dependurou bombas, mísseis, foguetes em suas aeronaves e os lançou sobre milhares de pessoas inocentes, matando-as.
O homem precisava estar mais perto (um do outro), comunicar-se mais, interagir-se, então, inventou o telégrafo, depois o telefone, agora o celular. Praticamente de qualquer lugar do mundo fala-se com o mundo todo. Algo impressionante, basta algumas “anteninhas” espalhadas por aí que a gente fala pra todo lado. Esse tipo de comunicação, assim como a internet, deu mais conforto ao homem, mas não o tornou melhor, infelizmente.
Então, o homem buscou a comodidade, a facilidade, o verdadeiro conforto. Inventou o controle remoto. Como a vida ficou mais fácil com esse invento! É algo simplesmente espetacular. Apertando um botãozinho somente as coisas se realizam: portões abrem sozinhos, aparelhos de TV, DVD, som, ar condicionado, alarmes de automóveis, tudo isso funcionando com apenas um toque. É a ciência, a tecnologia, facilitando a vida do homem. Mas nada disso fez com que o homem se tornasse uma pessoa melhor.
Seria tão bom se as pessoas utilizassem, verdadeiramente, esses inventos para o bem da humanidade. É o ter fazendo bem ao ser. Mas não é isso que acontece. O ter sufoca o ser, invade o território do ser e o faz agonizar, morrer. A batalha é árdua, mas a esfera do ser precisa de ser trabalhada, talhada, aprimorada, pois somente assim haverá a possibilidade de se construir um mundo melhor. O ter sem o ser nada vale, e o ser é o nosso grande desafio. Ser povo, ser gente, ser simplesmente humano, ser feliz, ser verdadeiramente ser em sua essência.

comments
 

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.